Diego Costa é acusado na Justiça da Espanha de sonegação de imposto de renda de 2014

Promotoria de Madri cobra de sergipano naturalizado espanhol valor não declarado de direitos de imagem da passagem pelo Chelsea



04/06/19 12h25   Esporte Imprimir

Um promotor de Madri disse nesta terça-feira que acusou o atacante Diego Costa de fraude no imposto de renda em 2014. O sergipano naturalizado espanhol é suspeito de não declarar devidamente € 1,4 milhão (cerca de R$ 6,2 milhões) por direitos de imagem quando foi contratado pelo clube inglês Chelsea.

 

Diego Costa teve uma temporada infeliz. Teve problemas com lesões e fez apenas cinco gols em 21 jogos pelo Atlético de Madrid, a menor quantidade desde que chegou ao futebol espanhol, em 2007/08, no Celta de Vigo, vindo do Braga, de Portugal. Em abril, foi punido com oito partidas de suspensão por agarrar e insultar o árbitro Gil Manzano na derrota por 2 a 0 para o Barcelona, em decisão inédita baseada no áudio do VAR.

Por GloboEsporte.com e agências internacionais